Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Grande Porto: quem reciclar vai ter descontos em bens e serviços

Mäyjo, 31.03.14

Grande Porto: quem reciclar vai ter descontos em bens e serviços

 

Lipor, empresa que gere a recolha e reciclagem de lixo em oito concelhos do Grande Porto, vai premiar os utilizadores dos ecocentros da Formiga (Ermesinde) e Cal (Gondomar) com um cartão que troca o depósito de resíduos por pontos que dão direito a descontos em bens e serviços.

Segundo o jornal Público, o projecto chama-se Ecoshop e será alargado às empresas que utilizam a Linha Ecofone para recolha, ao domicílio, de material para reciclagem.

Este projecto-piloto tem como parceira a Sociedade Ponto Verde e poderá, inclusive, incluir descontos em combustíveis. No entanto, e de acordo com o gestor da iniciativa, Emanuel Monteiro, as parcerias comerciais ainda não estão fechadas.

O cartão vai começar a ser entregue ainda este mês e funciona de forma simples: quem depositar três quilos de papel num ecocentro terá oito pontos no cartão, por exemplo. O valor de cada depósito está especificado no regulamento, aqui. No documento está também especificado o tipo de material que pode ser depositado: baterias, embalagens contaminadas, entulho, esferovite, lâmpadas, madeira, óleos alimentares e minerais, papel e cartão, pilhas, plásticos, roupa, resíduos de equipamentos eléctricos, sucatas, tinteiros e toners, vidro e restos de verdes.

Em troca dos pontos, várias empresas aceitaram dar benefícios aos melhores recicladores. Há quatro categorias, de acordo com consciência ambiental: até 250, 500, mil e acima de 5.000 pontos. Os melhores recicladores podem ganhar um tablet ou smartphone.

De acordo com Emanuel Monteiro, estas parcerias podem incluir a área do retalho e serviços, como oficinas de reparação automóvel.

Para já, o projecto vai durar um ano. Depois deste período experimental, será avaliada a sua pertinência e continuidade. A ideia para este projecto nasceu de um concurso interno.

 

Foto: Blog Mais Jovem